Publicidade

Hans Zimmer vai reformar-se? Compositor responde

Tiago Silva, 3 de abril de 2024 00:57
Hans Zimmer vai reformar-se? Compositor responde

O compositor de bandas sonoras e produtor musical de origem alemã, mas naturalizado americano, Hans Zimmer, compôs música para mais de cento e cinquenta filmes.

A lista de bandas sonoras de Zimmer inclui O Rei Leão de 1994 e Dune: Parte Um de 2021, dois filmes que o fizeram ganhar Óscares de Melhor Banda Sonora. No entanto, é conhecido pelos seus trabalhos em GladiatorThe Last Samurai, saga Piratas das Caraíbas, trilogia The Dark KnightInceptionMan of SteelInterstellarDunkirk No Time to Die.

Com uma carreira que abrange mais de 40 anos, não há dúvida de que Hans Zimmer é considerado um dos melhores compositores da indústria de Hollywood. A colaboração frequente de Zimmer com realizadores como Christopher Nolan, Denis Villeneuve, Ridley Scott, Zack Snyder e outros tem sido apreciada ao longo dos anos. O compositor abordou recentemente os seus planos de reforma.

Numa recente entrevista ao IndieWire, o famoso e celebrado compositor foi questionado sobre os seus planos de reforma. O seu trabalho mais recente em Dune: Parte Dois não só foi ouvido, mas também muito apreciado pelo público. O músico disse:

"Estás a brincar? Toquei toda a minha vida. Por que é que eu haveria parar agora? Por que é que eu haveria de parar de viver uma vida divertida? Por que é que eu haveria de parar de tentar, sabes, inventar coisas? Quero dizer, há boas razões, porque quando me sento e há uma página em branco e supostamente tenho de escrever algo, estou tipo 'Meu Deus, não faço ideia de como fazer isto.'", contou.

O compositor continuou, afirmando que, após duas semanas sem ideias quer ligar ao realizador e dar-lhe o número de outros compositores que podem escrever a banda sonora para eles, mas acrescentou que de alguma forma a dicotomia de querer fazer algo novo e algo original é real. No entanto, ele admite:

"Às vezes, no fundo da minha mente, fica, uma peça de música que não escrevi e que acho realmente boa, mas não sei como chegar lá. Então, tenho apenas de me esforçar até conseguir esta peça, e ainda não aconteceu.", concluiu.

Por fim, Zimmer observa que tudo é uma experiência, acrescentando que tudo o que faz é apenas para tentar aproximar-se um pouco mais da verdade emocional.