-

Produtora de 'Fauda' comprou documentário '44 Hours', sobre homem que sobreviveu à síndrome de Locked-In

Diogo Fernandes, 20 de novembro de 2023 14:05
Produtora de 'Fauda' comprou documentário '44 Hours', sobre homem que sobreviveu à síndrome de Locked-In

A Yes Studios, a produtora e distribuidora sediado em Tel Aviv por trás de Fauda, conseguiu os direitos de  44 Hours, um documentário sobre Gil Avni, um pai saudável de 33 anos de idade diagnosticado com edema cerebral que recuperou milagrosamente.

O documentário de longa-metragem foi adquirido pela Amazon Prime Video nos EUA e pela NRK na Noruega para os seus canais lineares e plataforma VOD. A versão do filme também foi licenciada para o DocEdge Virtual Cinema, a plataforma de visualização ao longo do ano que apoia o influente Festival Doc Edge na Nova Zelândia.

Não se sabe se vai ser emitido em Portugal.

44 Hours obteve altas classificações na Yes TV no início deste ano e ficou entre os 10 melhores títulos na Netflix em Israel. A Yes Studios trata da distribuição mundial do documentário.

44 Hours conta a emocionante jornada de Avni, que foi levado às pressas para o hospital após adoecer repentinamente. Declarado clinicamente morto e dado apenas algumas horas de vida, Avni despediu-se da sua família e amigos. O que ninguém sabia é que Gil estava consciente do que acontecia à sua volta e conseguia ouvir cada palavra. Quando ele foi trazido de volta à vida, Avni forneceu o primeiro testemunho vivo do mundo da síndrome de enclausuramento, uma condição em que o corpo e os músculos faciais estão paralisados, mas a consciência permanece. É um dos únicos três casos conhecidos mundialmente de síndrome de enclausuramento.

O documentário apresenta entrevistas com Avni, que agora está completamente recuperado, bem como com a sua família e a equipa médica que cuidou dele. O seu caso único levou a importantes mudanças na ética médica e nos protocolos relativos ao tratamento de pacientes entre a vida e a morte.