-

E se houvesse Recolher Noturno Obrigatório para os homens? Conhece a próxima aposta da Paramount

Diogo Fernandes, 27 de fevereiro de 2024 15:26
E se houvesse Recolher Noturno Obrigatório para os homens? Conhece a próxima aposta da Paramount

A Paramount+ confirmou a aprovação de uma nova série de thriller do Reino Unido intitulada de Curfew, que se desenrola num mundo ficcional onde os homens estão sujeitos a um rigoroso recolher noturno.

Com Sarah Parish, Mandip Gill de Doctor Who, Mitchell Robertson e a cantora Alexandra Burke no elenco, Curfew ambienta-se numa sociedade regida pelo 'The Women’s Safety Act', que impõe um recolher obrigatório para os homens das 19h às 7h todas as noites, monitorizados por pulseiras eletrónicas. Quando o corpo brutalmente assassinado de uma mulher é descoberto durante o recolher, na entrada do Centro de Segurança das Mulheres, a experiente polícia Pamela Green, interpretada por Parish, suspeita de um homem como responsável. Contudo, num mundo onde os homens estão submetidos ao recolher, a sua teoria é rejeitada.

Além de Parish, Mitchell Robertson assume o papel do polícia novato Eddie, que se junta a Pamela na investigação. Mandip Gill interpreta Sarah, uma funcionária do centro de monitorização envolvida na investigação, e Alexandra Burke é Helen, uma professora local e defensora do recolher.

Nathalie Peter-Contesse, produtora, descreveu Curfew como "uma séria provocadora e emocionante que visa contribuir para a importante conversa em torno da violência contra as mulheres".

A série está a ser produzida pela Vertigo Films em associação com a Evolutionary Films no Reino Unido, com distribuição pela Federation Studios. A decisão de avançar com a série surge apesar da recente eliminação de vários originais internacionais pela Paramount+, demonstrando um compromisso contínuo com produções inovadoras.

Joasia Goldyn assume a realização de Curfew, com Lydia Yeoman como escritora principal.

O que achas da premissa da série? Entusiasmado?