-

Festival de Cinema do Cairo Adiado devido ao aumento de Tensão no Médio Oriente

Diogo Fernandes, 18 de outubro de 2023 17:20
Festival de Cinema do Cairo Adiado devido ao aumento de Tensão no Médio Oriente

A 45ª edição do Festival de Cinema do Cairo, que deveria acontecer de 15 a 24 de novembro, foi adiada devido às crescentes tensões no Médio Oriente devido ao conflito entre Israel e o Hamas.

O festival anunciou numa breve declaração que a decisão de adiar o festival foi tomada pela Ministra da Cultura do Egito, Neveen Al-Kelani.

Ainda não foram definidas novas datas para o evento.

Não foi dada nenhuma razão para a decisão, mas esta surge num momento de crescente tensão no Médio Oriente, desencadeada por um brutal ataque terrorista do grupo palestiniano Hamas a Israel em 7 de outubro, que resultou na morte de mais de 1.400 pessoas e no sequestro de 199 reféns.

Os ataques têm sido condenados por líderes políticos e religiosos de todas as denominações em todo o mundo, mas agora há um crescente protesto pelo sofrimento dos 2,1 milhões de habitantes de Gaza, que estão a suportar o peso do bloqueio retaliatório e da campanha de bombardeamentos de Israel.

Mais de 3.000 residentes de Gaza morreram nos bombardeamentos israelitas desde 7 de outubro, enquanto as pessoas enfrentam escassez de água potável e alimentos e falta de eletricidade.

Uma explosão no hospital al-Ahli, em Gaza, durante a noite, que matou mais de 500 pacientes e pessoas que procuravam abrigo nas suas instalações, de acordo com as autoridades palestinianas, desencadeou protestos generalizados em toda a região.

O Hamas afirmou que a explosão foi causada por um ataque aéreo israelita, mas Israel negou a responsabilidade.

As Forças de Defesa de Israel (IDF) apresentaram provas na quarta-feira que, segundo afirmam, mostram que a explosão foi causada por um lançamento falhado de um foguete pelo grupo islâmico Jihad Islâmica Palestina. O grupo emitiu um comunicado refutando as acusações.

O adiamento do Festival de Cinema do Cairo segue-se à decisão da semana passada do Festival de Cinema de El Gouna, no Mar Vermelho egípcio, de cancelar a abertura da sua sexta edição em 13 de outubro e adiar o evento por duas semanas.

A diretora artística Marianne Khoury e o diretor Intishal Al Tamimi comprometeram-se a prosseguir com o evento para apoiar a cultura e o diálogo na região, mas a Deadline entende que o festival tomará uma decisão definitiva sobre os seus planos nas próximas 24 horas.