Publicidade

Beatriz Frazão, Miguel Frazão, António Sequeira em Entrevista por 'A Minha Casinha'

Diogo Fernandes, 29 de novembro de 2023 12:41
Beatriz Frazão, Miguel Frazão, António Sequeira em Entrevista por 'A Minha Casinha'

Numa entrevista exclusiva com o elenco de A Minha Casinha partilhou alguns sentimentos e momentos fascinantes sobre a inspiração por trás do filme, os desafios enfrentados durante as filmagens e os momentos mais memoráveis que marcaram a produção.

O realizador, António Sequeira, revelou que a história foi impulsionada por uma experiência pessoal: a sua própria jornada para Londres e a perceção de como a comunicação com a família pode transformar-se após uma mudança tão significativa. Essa conexão pessoal adicionou uma camada de autenticidade à narrativa, destacando o dilema emocional do "ninho vazio".

A cultura portuguesa, desde o simbolismo do bacalhau até às deslumbrantes paisagens, desempenha um papel crucial no filme. António Sequeira expressou a importância de destacar a cultura nacional, afirmando que, como portugueses, têm sempre interesse em divulgar as tradições e raízes do país.

O lançamento nos Estados Unidos, no prestigiado Austin Film Festival, foi descrito como uma experiência monumental. O realizador e os atores destacaram a grandiosidade do evento, partilhando a sensação de se sentirem pequenos em meio à magnitude do festival. António Sequeira descreveu a experiência como ‘terrível’ *em tom de brincadeira*, mas de uma maneira positiva, destacando a imponência do cenário americano e a sua grandiosidade.

O Natal emerge como um elemento central na trama, transmitindo uma mensagem de família, amor e aconchego natalício. O filme abrange um intervalo temporal de um ano, enfatizando a importância das festividades natalícias para os personagens portugueses.

Quando questionados sobre as cenas mais desafiantes de gravar, tanto o realizador quanto os atores destacaram a complexidade de uma cena com cães, o complicado almoço de família com múltiplos ângulos a serem considerados, e a imprevisibilidade da cena dos comboios, que demandou horas de paciência para capturar o momento certo.

Sobre o tempo de filmagem, António Sequeira admitiu que o tempo sempre foi um desafio significativo. A necessidade de mais tempo para ensaios, regravações e adaptação às condições climáticas impôs constantes desafios à produção.

Por fim, os atores Beatriz Frazão e Miguel Frazão partilharam as suas cenas favoritas. Beatriz destacou uma dança emocionante no final do filme, enquanto Miguel revelou a sua apreciação pela cena do almoço, especialmente a divertida batalha de uvas.

Relacionado: A Minha Casinha estreia nos cinemas em dezembro: Conhece o Elenco

A Minha Casinha promete oferecer ao público uma experiência cinematográfica única, repleta de emoção, humor e uma representação autêntica da cultura portuguesa. A estreia nos cinemas nacionais está agendada para 14 de dezembro, prometendo cativar espetadores com uma história que toca o coração e celebra as raízes familiares.